skip to Main Content

A chama ideal do mistério

Publicado em: A chama ideal do mistério

(Para João da Cruz e Sousa)

vez por outra me lembro dele

do poeta João

do triste João

vejo-o sob uma vela no Encantado

cerzindo seus versos-testamento

manchados de sangue e escarro

vejo seu corpo morto

varando a noite imensa

no vagão estelar das almas

vacas e cavalos assistem

contritos, complacentes

o trem some na curva

dorme, João!

dolências de lírios

te abracem

volúpicos venenos

te embriaguem, meu poeta

tudo é mistério.

*Goiânia, dezembro/2023

 

 

 


Créditos na imagem: Ilustração: Nato Gomes

 

 

 

SOBRE O AUTOR

Luciano Alberto De Castro

Luciano Alberto de Castro é mineiro de Teófilo Otoni, cruzeirense, dentista e professor da Universidade Federal de Goiás. Mora em Goiânia. Paralelamente à docência, dedica-se à música e literatura, atuando como compositor, cronista, contista e poeta. O autor se considera um apaixonado pelas várias formas de arte, pela história do Brasil, pelas plantas e passarinhos. Atualmente, colabora para algumas revistas, sites e jornais brasileiros enquanto prepara material para o seu primeiro livro.

Fonte: A chama ideal do mistério
Feed: HH Magazine
Url: hhmagazine.com.br
Back To Top