skip to Main Content

A liberdade que eu desejo

Publicado em: A liberdade que eu desejo

 

Vem abrir a gaiola que me aprisiona

Durante os dias que eu não te vejo.

Você é a liberdade que eu desejo.

Gosto bom de vinho do Alentejo.

Vem e embriaga-me com teu beijo!


Créditos na imagem: Reprodução: The Therapist, 1937 – René Magritte.

 

 

vc_row]

SOBRE O AUTOR

Tadeu Goes

Carioca, poeta, autor do livro de poesia Nascente (2018), bacharel em Direito pela Universidade Estácio de Sá, licenciado em História pela Universidade Estácio de Sá, com especialização em História Antiga e Medieval pela Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro. Além disso, integra a Liga Universitária de Pesquisadores e Artistas de Carnaval da UFRJ (LUPA Carnaval).

Fonte: A liberdade que eu desejo
Feed: HH Magazine
Url: hhmagazine.com.br
Back To Top