skip to Main Content

A “pós-história” de uma história sobre “momentos” da pré-história. Este é o ep…

Publicado em: A “pós-história” de uma história sobre “momentos” da pré-história.

Este é o ep…

A “pós-história” de uma história sobre “momentos” da pré-história.

Este é o epílogo de uma história, que à semelhança de todas as boas histórias, pode ser contada na estrutura clássica repartida em três actos.
Acto I, o prólogo, com o início da intervenção arqueológica no ano de 2019 pelas mãos da Arqueologia e Património, no âmbito de um projecto para a construção de uma unidade fabril. No sol do corpo, a primeira revelação, a modelação, os contornos temerários, que contavam o tempo na estratigrafia argilosa.
Acto II, a confrontação, a prova arte factual arrancada da terra para o palco, numa exposição temporária, patente no centro interpretativo do Monte Padrão entre Junho e Setembro de 2021 integrada no III ciclo de Conferências do Monte Padrão.
Acto III, o epílogo da história, a refutação, o ânimo, a incerteza, os diálogos em silêncio, a euforia, a inquietação, a determinação nas palavras vertidas no ocre da monografia intitulada A MAMOA DA ERMIDA.
Um agradecimento muito especial a todos os protagonistas desta história, do campo ao gabinete, que interpretaram os seus respectivos papéis com rigor e afinco, tornando possível a concretização desta história que agora partilhamos.
A versão digital pode ser descarregada em http://mmap.cm-stirso.pt/publicacoes/.





Back To Top