skip to Main Content

A Saudade, esse misto de lembrança e desejo que segundo Teixeira de Pascoaes (18…

A Saudade, Esse Misto De Lembrança E Desejo Que Segundo Teixeira De Pascoaes (18…

Publicado em: A Saudade, esse misto de lembrança e desejo que segundo Teixeira de Pascoaes (18…

A Saudade, esse misto de lembrança e desejo que segundo Teixeira de Pascoaes (1877-1952) define a essência do génio português, é, com todas as antinomias que se lhe associam, a grande marca da sua obra, em qualquer dos géneros em que publicou. Ao enunciar as suas crenças radicais no poder de criação e espiritualidade dos portugueses, evocando a Saudade como marca paradigmática da realidade pátria, Pascoaes sustenta um patriotismo que, visando uma plenitude antropológica e ontológica, abarca, afinal, a universalidade e um sentido de transcendência, em que não só há lugar para o sonho, como há permanente necessidade dele.

Para mais informações, aceda à ficha bibliográfica (bit.ly/2zFUgqG) realizada pela investigadora do subgrupo de trabalho «Gerações Hispânicas», Margarida I. Almeida Amoedo.

Junte-se à equipa do CHAM e #FiqueEmCasa!
#CHAM #CHAMinvestiga #CHAMresearch
#CiênciaEmCasa #CHAMficaemcasa
#GeracoesHispanicas #TeixeiradePascoaes

This Post Has 0 Comments

Deixar uma resposta

Back To Top