skip to Main Content

Carta aberta: Em Defesa do Cessar-Fogo Imediato em Gaza, da Liberdade Académica …

Publicado em: Carta aberta: Em Defesa do Cessar-Fogo Imediato em Gaza, da Liberdade Académica …

Carta aberta: Em Defesa do Cessar-Fogo Imediato em Gaza, da Liberdade Académica e do Etnomusicólogo David McDonald

A comunidade de investigadores e estudantes do Instituto de Etnomusicologia-Centro de Estudos em Música e Dança (INET-md) manifesta o seu apoio e solidariedade para o nosso colega, Professor David McDonald, Presidente do Departamento de Folclore e Etnomusicologia da Universidade de Indiana. Em 25 de abril de 2024, David McDonald foi detido numa zona de liberdade de expressão do campus de Bloomington da Universidade de Indiana, quando tentava proteger os estudantes que participavam numa manifestação pacífica contra a violência em Gaza. Desde então, McDonald foi acusado de invasão criminosa e proibido de entrar no seu campus durante um ano.

David McDonald tem sido um parceiro notável do INET-md. Em 2016, foi o primeiro de três keynote speakers convidados pela Prof.ª Maria de São José Côrte-Real (INET-md) na Conferência “Protest Song and Social Change”, em Lisboa, e participou também na 46.ª Conferência Mundial do International Council for Traditional Music, em Lisboa, em 2022. O seu capítulo, “Sincerely Outspoken: Towards a Critical Activist Ethnomusicology”, apareceu em Transforming Ethnomusicology (2021), co-editado por Salwa Castelo-Branco (INET-md). Com Andrew Snyder (INET-md), co-editou At the Crossroads of Music and Social Justice (2022) e Festival Activism (no prelo), que inclui capítulos de Filippo Bonini Baraldi (INET-md) e Miguel Moniz (CRIA). O seu livro, My Voice Is My Weapon, conta uma história fascinante da canção de protesto palestiniana, e David McDonald preside a uma das principais e mais antigas instituições da nossa área.

Apelamos à Universidade de Indiana para que anule a decisão de proibir a entrada de McDonald no campus e retire todas as acusações, e condenamos com toda a veemência esta ação injusta e o ataque mais amplo à expressão académica e às liberdades democráticas que ela representa.

Estendemos ainda a nossa solidariedade aos mais de 2.000 estudantes e membros do corpo docente que foram detidos por protestarem pacificamente em diferentes campus norte-americanos e europeus nas últimas duas semanas. Manifestamos o nosso apoio à recente “Declaração sobre a violência em curso e a destruição do património cultural em Gaza” da Society for Ethnomusicology, publicada em 22 de abril de 2024, que:

– Condena a violência em curso contra civis inocentes e a sua morte, bem como a destruição deliberada do património cultural de Gaza;
– Apela a um cessar-fogo imediato e permanente;
– Apela a uma resposta humanitária imediata e sem entraves que proporcione ajuda e proteção ao povo, à terra e ao património palestinianos;
– Apela à libertação imediata e ao regresso dos israelitas raptados;
– Solicita às Nações Unidas e a outras agências internacionais competentes que trabalhem com especialistas de Gaza e determinem as próximas etapas do processo de recuperação, reconstrução e preservação da cultura material e do património palestiniano;
– Apoia as vidas e os meios de subsistência de todos os que procuram a paz na região.

ℹ Mais informação em: https://tinyurl.com/carta-aberta

Back To Top