Skip to content

Divulgação cientifica em espaços não formais de ensino para promoção de sustentabilidade e inclusão de pessoas

Publicado em: Divulgação cientifica em espaços não formais de ensino para promoção de sustentabilidade e inclusão de pessoas


Moderação: Rita Campos (CES) | Comentários: Ana Maria Seixas (FPCEUC/CES)

Enquadramento

A comunidade científica e as instituições internacionais têm chamado a atenção para a situação de autêntica emergência socioambiental do planeta em que vivemos e para a necessidade de contribuir para a formação de uma cidadania consciente para alcançar a sustentabilidade. Salientam também a importância de um ensino científico de qualidade e acessível a todas as pessoas, que valorize a ciência como aliada para alcançar os objetivos de uma sociedade mais justa.


Nesse contexto, os espaços de ensino não formal, como Museus e Centros de Ciência, são considerados propícios à divulgação científica e à promoção da Educação para a Sustentabilidade, possibilitando provocar, nas pessoas, a busca por soluções para enfrentar a crise planetária, rumo a uma Sociedade sustentável. Nossos estudos e ações têm buscado, por meio de um espaço não escolar, promover o conhecimento científico aplicado à vida cotidiana, como forma de contribuir com uma educação científica que alcance todas as pessoas, incluindo a formação de professores/as mais preparados/as em educar para a sustentabilidade. Apresentarei algumas das iniciativas que temos desenvolvido junto de diferentes públicos e comunidades, tentando incluir diferentes vozes, corpos e experiências na construção de uma cidadania engajada, para refletir sobre o papel destes espaços na formação docente e na educação para a cidadania e sustentabilidade.

Nota biográfica


Magnólia Araújo é Professora Titular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2021), atuando na área de Ensino de Biologia com ênfase ambiental. Tem Mestrado em Bioecologia Aquática e Doutorado em Ecologia e Recursos Naturais. Desenvolveu pós doutoramento na Universidade de Coimbra, em Ensino de Ciências/Educação para a sustentabilidade. Tem estudado temas da Microbiologia Ambiental e dado enfoque a pesquisas de pós-graduação sobre a Educação para a sustentabilidade e a divulgação científica em espaços não escolares de ensino.

 


Atividade organizada pelo Grupo de Trabalho em Ciência Cidadã e Educação (CC.Edu) em colaboração com o Observatório das Políticas de Educação e Formação (OP. Edu)

Back To Top