skip to Main Content

Eça de Queiroz, 150 anos

Publicado em: Eça de Queiroz, 150 anos

Em 2019, o primeiro congresso internacional «Eça de Queiroz. 150 anos»» (BNP e Sociedade de Geografia de Lisboa, 15 e 18 de novembro) teve como tema principal e objeto de efeméride, a inauguração em 1869 do Canal do Suez, a que Eça de Queiroz assistiu, parte de uma viagem pelo Médio Oriente que lhe proporcionou inspiração e material para muitos trabalhos posteriores, a começar por um conjunto de crónicas publicadas no Diário de Notícias no início de 1870.

Em 2021, o segundo congresso (BNP e Palácio Valenças – Sintra, 14 e 15 de outubro) teve como temas principais e objetos de efeméride, a edição do seu primeiro romance, O Mistério da Estrada de Sintra (previamente publicado em capítulos ou «cartas» no Diário de Notícias), mas também o início da publicação d’ As Farpas, igualmente em colaboração com Ramalho Ortigão, e ainda a realização das (e da sua colaboração nas) Conferências do Casino.

O 3.º Congresso Internacional «Eça de Queiroz, 150 Anos» será concretizado não só por causa do sucesso dos dois que o precederam, mas também porque, à semelhança daqueles, não faltam acontecimentos relevantes, acontecidos há século e meio e referentes à vida e à obra do autor de Os Maias, que merecem ser assinalados e comemorados adequadamente.

Sob o mote «José Maria na América», o terceiro congresso terá como temas principais e objetos de efeméride, o começo da carreira de diplomata de Eça de Queiroz, como cônsul em Havana, e as viagens que fez nesse período aos Estados Unidos e ao Canadá; o começo da escrita de Singularidades de uma Rapariga Loira, publicado inicialmente no Diário de Notícias, e de O Crime do Padre Amaro, publicado inicialmente (em fascículos) na Revista Ocidental; as primeiras leituras dos – e reações aos – textos de Eça no Brasil.

Será ainda ocasião para homenagear Alfredo Campos Matos, que faleceu no passado dia 5 de janeiro.

14h00 | Auditório | Entrada livre

14h00  Abertura

14h15  Painel I

  • Eça, mais uma vez | Annabela Rita
  • A Itália em Eça. Eça em Itália | Brunello Natale De Cusatis
  • O filósofo Fradique e os filósofos de Fradique (recordando Alfredo Campos Matos) | César Tomé
  • A hagiografia Queirosiana à luz de Jaime Cortesão | José Almeida Eça e Conde de Ficalho: a amizade de uma vida | Paula Oleiro

16h15  Intervalo

16h30  Painel II

  • Eça de Queiroz medievalista: o conto de Sir Galahad | Ana Margarida Chora
  • A ironia de Eça de Queiroz e Bocage | Daniel Pires
  • “Uma vasta e rica mina d’arte” – reações e críticas a O Crime do Padre Amaro | Irene Fialho
  • Alguns contos, com especial incidência no conto “José Matias” | Jorge Chichorro RodriguesAs crónicas de Eça | Miguel Real

18h30  Apresentação da NOVA ÁGUIA, n.º 32

Com os textos apresentados no «2.º Congresso Internacional. Eça de Queiroz, 150 anos» |

Renato Epifânio

19h00  Encerramento

21h30  “Vultos da Cultura Lusófona: Eça de Queiroz” (on-line)

Fonte: Eça de Queiroz, 150 anos
Feed: Calenda
Url: calenda.org
Back To Top