skip to Main Content

Espaços em Público | Sessão III

Publicado em: Espaços em Público | Sessão III

Enquadramento


 Espaço público e ações em público, como administração da convivência e potencial de ativação. Cultura, relações de hierarquia e diversidade, arte, visibilidade e direito à cidade. Ocupação, práticas e convivência como possibilidade de uma educação política, nas dimensões do público e do individual. A busca de dignidade e de uma cidade solidária.


Os espaços públicos se constituem para além das estruturas físicas criadas para a ocupação em comum, ficando cada vez mais evidente a necessidade de um olhar integrado para as práticas e desenhos que tem determinado os espaços e ambientes e suas relações de ocupação. Nesse sentido, a arte e as prática culturais traduzem e configuram caminhos, que podem reforçar ou desafiar as lógicas em uso. São focos desta discussão, a afirmação de valores e práticas a partir das experiências em público, e revisão de lógicas sociais a partir das novas demandas, as manifestações políticas no espaço, edifício e cidade como dimensões expandidas da experiência do comum, o lugar do corpo e da cultura na criação e ocupação dos espaços urbanos, e a convivência como potencial de ativação crítica.

Programa


– Arquitetura, urbanidade e espaço público


Edifício, pensamento, e construções culturais e sociais na evolução urbana. Olhar a cidade e seus contextos, pensar novas lógicas e interações entre pessoas, grupos e a cidade.


Ciro Pirondi (Escola da Cidade) – Doutor em arquitetura pela ETSA,  Escola Politécnica da Catalunha, Barcelona. Fundador da Escola da Cidade. Diretor da FAEh- Fábrica Escola de Humanidades – João Filgueiras Lima. 


Comentários Jorge Figueira (CES)


Mediação: Shirlei Torres Perez (CES / SESCSP)


—————————————————————–


Esta atividade realiza-se através da plataforma Zoom, sem inscrição obrigatória. No entanto, está limitada ao número de vagas disponíveis.
https://us02web.zoom.us/j/88299740749


Agradecemos que todos/as os/as participantes mantenham o microfone silenciado até ao momento do debate. O anfitrião da sessão reserva-se o direito de expulsão do/a participante que não respeite as normas da sala.

As atividades abertas dinamizadas em formato digital, como esta, não conferem declaração de participação uma vez que tal documento apenas será facultado em eventos que prevejam registo prévio e acesso controlado.

Fonte: Espaços em Público | Sessão III
Feed: Centro de estudos Sociais – Eventos
Url: www.ces.uc.pt

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back To Top