skip to Main Content

Exposição sobre Amílcar Cabral chega à Guiné-Bissau | Notícias

Publicado em: Exposição sobre Amílcar Cabral chega à Guiné-Bissau | Notícias

A exposição dedicada à história e legados de Amílcar Cabral, que esteve patente em Lisboa entre Março e Junho deste ano, com curadoria científica de José Neves e Leonor Pires Martins, foi ontem inaugurada no Palácio Presidencial em Bissau. Desta feita, o investigador Victor Barros foi o cicerone da visita inaugural, que contou com presença dos Presidentes da República e dos Primeiros-Ministros da Guiné-Bissau e de Portugal.

Em comunicado de imprensa, a Embaixada de Portugal na Guiné-Bissau, realçou que “as peças integrantes da exposição constituem uma oportunidade para homenagear Amílcar Cabral, uma destacada e multifacetada figura do século XX, enquanto líder político e engenheiro agrónomo e activista cultural, tendo contribuído decisivamente para a independência da República da Guiné-Bissau e da República de Cabo Verde e para a restauração do regime democrático em Portugal.”

Tal como em Lisboa, a iniciativa foi da Comissão Executiva da Estrutura de Missão para as Comemorações dos 50 Anos do 25 de Abril, contando agora também com o apoio do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., da Embaixada de Portugal em Bissau e das Autoridades Guineenses. O projeto de arquitectura foi, novamente, da autoria de Miguel Fevereiro & Ricardo Santos Arquitetos; o design de Vera Tavares.

 

Back To Top