skip to Main Content

Fogo no Lodo vence Prémio Fundação INATEL no Doclisboa

Publicado em: Fogo no Lodo vence Prémio Fundação INATEL no Doclisboa

Fogo no Lodo, o documentário realizado por Catarina Laranjeiro e Daniel Barroca, venceu o Prémio Fundação INATEL no Doclisboa, atribuído ao Melhor Filme de Temática Associada a Práticas e Tradições Culturais e ao Património Imaterial da Humanidade.

Como já aqui tínhamos contado, Fogo no Lodo “retrata a localidade guineense de Unal, uma aldeia de cultivadores de arroz, cuja população desempenhou um papel crucial na luta de libertação contra o colonialismo português, na Guiné-Bissau, os primeiros a envolver-se na luta armada, mobilizando espíritos ancestrais, os Irãs.” Seguindo os habitantes da aldeia ao longo de um ciclo do arroz, os realizadores captaram um quotidiano ainda assombrado pela memória de guerras, com traumas que se inscrevem também nos seus rituais, corpos, paisagem e música.

O filme premiado será novamente exibido hoje, 30 de Outubro, no Cinema Ideal, às 22h00.

 

 

Back To Top