skip to Main Content

História da Historiografia #EP 37: História, historiadores e vulgarização científica do Brasil

Publicado em: História da Historiografia #EP 37: História, historiadores e vulgarização científica do Brasil

Neste episódio, o historiador Bruno Leal Pastor de Carvalho (UnB) irá nos contar um pouco mais sobre o seu artigo “História e historiadores na vulgarização científica do Brasil oitocentista: as ‘Conferências Populares da Glória’” publicado no v. 14 n. 37 (2021) da revista História da Historiografia.

O podcast História da Historiografia é produzido a partir dos artigos e dossiês publicados na revista e visa ampliar as discussões e a divulgação de seus números.

 

 

Escute o podcast também pelas plataformas Google Podcast e Deezer.

 

 


Créditos: Locução de Ilda Andreata Sesquim (UFOP), Coordenação de Breno Mendes (UFG) e colaboração de Helena Paulo de Almeida (UFOP)

Créditos na imagem de capa: Avenida Central, altura da Rua do Ouvidor com Rua Miguel Couto, no Rio de Janeiro: a então capital federal foi palco de intensa circulação de obras de escritores russos durante o governo de Getúlio Vargas – Foto: Marc Ferrez/ Coleção Gilberto Ferrez via Acervo Instituto Moreira Salles

 

 

 

SOBRE O AUTOR

Bruno Leal Pastor de Carvalho

Bruno Leal Pastor de Carvalho é doutor em História Social na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor Adjunto de História Contemporânea do Departamento de História da Universidade de Brasília (UnB) e do Programa de Pós-Graduação em História desta mesma instituição. Professor Colaborador do Programa de Pós-Graduação em História Pública da Universidade Estadual do Paraná. Tem desenvolvido pesquisas sobre História Pública, História Digital e Divulgação Científica. É fundador e editor do portal Café História, especializado na divulgação científica de História. Também desenvolve pesquisas sobre crimes nazistas e justiça no imediato pós-guerra. É organizador, ao lado de Ana Paula Tavares Teixeira, do livro “História Pública e Divulgação de História”, publicado em 2019 pela Editora Letra e Voz.

Back To Top