skip to Main Content

Jornadas FCCN: Testemunho de Pedro Inácio

Publicado em: Jornadas FCCN: Testemunho de Pedro Inácio

As Jornadas FCCN 2024 estão a chegar! De 15 a 17 de abril, o Centro de Congressos da Madeira e o Pestana Casino Park, no Funchal, recebem a 15.ª edição deste que é o maior encontro da comunidade de investigação e ensino superior. Antes do início da edição de 2024, é momento para perceber como foi a experiência dos que marcaram presença nas Jornadas FCCN do ano passado.

Pedro R. M. Inácio, Pró-Reitor para a Universidade Digital e Professor da Universidade da Beira Interior, foi o primeiro a responder a questões e a deixar-nos o seu testemunho.  

“As Jornadas FCCN são uma oportunidade de ligação e reforço do espírito de comunidade, de troca de ideias e experiência, e de atualização focada e eficaz em tudo o que rodeia a infraestrutura e tecnologias de suporte ao Ensino Superior e Ciência no panorama português”. Pedro R. M. Inácio
 

A edição de 2023 das Jornadas FCCN foi a primeira em que esteve presente ou já participou noutras edições do evento? 

A edição de 2023 das Jornadas FCCN foi de facto a primeira vez em que consegui estar presente, apesar da vontade em participar em edições anteriores, muitas vezes derrotada por motivos de excesso de agenda. 

O que o motivou a estar presente no evento, em 2023?  

A motivação principal foi um convite para intervir como orador, que se adicionou à vontade de participar e à imagem de prestígio que tenho associada a estas Jornadas. 

O que mais gostou ou excedeu as suas expectativas na edição de 2023 das Jornadas FCCN? 

Dois aspetos deste evento que excederam as minhas expetativas foram o número de participantes e o local das Jornadas. Lembro-me de achar interessante ver tanta gente no almoço volante e nas várias palestras. Já a escolha da Escola Naval de Almada para acolher o evento permitiu-me visitar e conhecer parte das instalações de um local fora do comum, que de outra forma penso nunca ter a oportunidade de frequentar. Noto nesta escolha uma pitada de ousadia e irreverência que terá contribuído para o evento. 

É claro que poderia ainda referir o espírito jovial e descomplicado da equipa da FCCN e da comunidade que envolve as jornadas, mas isso é algo a que já estou habituado e que por isso não vou mencionar aqui. 

O que levou do evento? As Jornadas permitiram-lhe recolher informações úteis para o seu dia a dia?

Em primeiro, trouxe comigo a sensação de ter contribuído para as Jornadas e ter sido útil para colegas da área. Em segundo, alarguei de forma muito natural a minha rede de contactos e tive oportunidade de partilhar experiências (e de as ouvir) com pessoas que as vivem na pele.  

Considera que as Jornadas FCCN são importantes para a comunidade de Ensino e Investigação nacional? Porquê? 

Sem dúvida. Estas Jornadas são uma forma muito concreta de partilha e atualização de conhecimento. De uma forma mais abstrata e olhando para o que considero ser uma sociedade em esforço, transformação e dinamismo, sobretudo em termos tecnológicos e ligado ao digital, parece-me incrementalmente mais importante existirem eventos que promovam, de forma bem delimitada e presencial, o convívio e a transmissão temática do conhecimento.  

O que espera da edição de 2024? 

Penso que o desafio em termos de superar expetativas em relação ao local já está superado à partida, uma vez que as Jornadas se fazem este ano no Funchal. Esperar mais do mesmo não é mau quando o que já foi feito está bastante bem. 

Dada a atual revolução em termos de inteligência artificial e todo contexto de instabilidade internacional, espero ver mais desses temas nestas Jornadas, nomeadamente no que se refere à sua aplicação no ensino superior e investigação científica em Portugal.

 

Fonte: Jornadas FCCN: Testemunho de Pedro Inácio
Feed: Blog – FCCN
Url: www.fccn.pt
Back To Top