skip to Main Content

Liliana Bernardino na presidência da Sociedade Portuguesa de Células Estaminais e Terapia Celular @ UBI

Publicado em: Liliana Bernardino na presidência da Sociedade Portuguesa de Células Estaminais e Terapia Celular @ UBI

A docente da Universidade da Beira Interior (UBI), Liliana Bernardino, preside desde o início do ano à Sociedade Portuguesa de Células Estaminais e Terapia Celular (SPCE-TC). O mandato terá a duração de dois anos, prolongando-se até 2026. No último mandato ocupava o cargo de vogal da direção da Sociedade a que agora preside.

A tomada de posse teve lugar no dia 2 de janeiro, tendo a eleição decorrido em outubro, durante a Assembleia Geral desta entidade, que se inseriu no “Annual Meeting of the European Tissue Repair Society (ETRS) & Portuguese Society of Stem Cells and Cell Therapies (SPCE-TC)”. O evento teve como palco o Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra.

Liliana Bernardino é Professora Associada com Agregação do Departamento de Ciências Médicas da Faculdade de Ciências da Saúde da UBI. Faz também parte da unidade de I&D Centro de Investigação em Ciências da Saúde (CICS-UBI), no qual integra o grupo NND – Neurologic and Neurovascular Disorders.

SPCE-TC é uma associação científica sem fins lucrativos que tem como missão o desenvolvimento, o progresso e a difusão do conhecimento e da investigação em células estaminais e terapia celular.

“Esta finalidade realizar-se-á através da organização de reuniões científicas, do estímulo e formação de novos cientistas, da promoção da interação com os media, nomeadamente promovendo ações de divulgação junto do grande público, do intercâmbio com sociedades científicas afins e da filiação nas associações internacionais afins”, de acordo com os estatutos da SPCE-TC.

Divide-se em três secções: Ciência e Tecnologia de Células Estaminais; Terapias Celulares e Engenharia de Tecidos; e Aspetos Éticos, Legais e Sociais, que se ocupam do desenvolvimento específico dessas áreas.

Back To Top