skip to Main Content

“não sei por onde vou, não sei para onde vou, sei que não vou por aí” – evocação dos 50 anos sobre a morte de José Régio – Agenda UC

“não Sei Por Onde Vou, Não Sei Para Onde Vou, Sei Que Não Vou Por Aí” – Evocação Dos 50 Anos Sobre A Morte De José Régio – Agenda UC

Ousar Duvidar: “não sei por onde vou, não sei para onde vou, sei que não vou por aí” – evocação dos 50 anos sobre a morte de José Régio

5 março | 17h [até 30 abril]

Ousar Duvidar: “não sei por onde vou, não sei para onde vou, sei que não vou por aí” – evocação dos 50 anos sobre a morte de José Régio.

Exposição

Sala de São Pedro, Biblioteca Geral da UC

A exposição dedicada a evocar os 50 anos do falecimento de José Régio (1901-1969) estará organizada em oito módulos que cobrirão, cada qual, uma faceta relevante da atividade do grande escritor vilacondense. Assim, através de livros do autor (em muitos casos primeiras edições), mas também de imagens e de depoimentos, revisitar-se-á a obra regiana ao nível do teatro, do ensaio, da ficção, da poesia, assim como a sua correspondência e a sua relação com a cidade de Coimbra, entre outras vertentes. Não será esquecida a componente autobiográfica, assim como a receção da obra de José Régio pela crítica literária coeva. É intenção dos organizadores aproveitar o dia da abertura da exposição (5 de março de 2020, às 18h00) para proporcionar ao público presente a declamação de alguma poesia de José Régio (como os célebres «Cântico Negro» e «Toada de Portalegre»).

ORG.: Biblioteca geral da uc


Fonte: “não sei por onde vou, não sei para onde vou, sei que não vou por aí” – evocação dos 50 anos sobre a morte de José Régio – Agenda UC

This Post Has 0 Comments

Comentar

Back To Top