skip to Main Content

O fim da Melancolia | HH Magazine

Publicado em: O fim da Melancolia | HH Magazine

 

morreu a Melancolia

 

numa manhã de vento

no pós-tempo

vestida de razão

molhou as pernas na dureza da vida

atravessando o campo da visão

 

morreu a Melancolia

 

era bela, a ninfa culta pós-moderna

vivia nos arquivos

nas telas, nas canções

lia as letras e se embebedava

tornando o dia uma intragável noite

sem futuro, sem rumo

passada, cansava de si

e se lançava aos demais como impressão plena

no altivo acúmulo sepulcrumênon de erudição

 

perdido estava o poeta

que engoliu a Melancolia e transmutou-se em gente

 

viu a grandeza da terra, dos céus, dos mares

e pôs-se a andar

na certeza de que o mundo é como folha d’água

e, emputecido, suspendeu a.Contação do tempo

cuspiu a Melancolia e foi viver, como os antigos, a Vida…

 

 

 


Crédito na imagem: Reprodução. Vincent van Gogh. Sower with Setting Sun (1888).

 

 

 

SOBRE O AUTOR

Isaías dos Anjos Borja

Mestrando em Letras e Bacharel em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Foi bolsista CNPq de Iniciação Científica no Departamento de História do Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) da UFOP, onde graduou-se e pesquisou sobre a implementação do ensino de histórias indígenas nos cursos de formação superior em História das universidades públicas do Brasil, além de ter desenvolvido estudos a respeito da tese do “marco temporal” e sua implicação sobre Povos Indígenas em contexto de retomada identitária ou etnogênese. É membro do projeto de extensão (Re)Pensa Humanidade (PROEX-UFOP), voltado ao estudo e divulgação de conhecimentos ligados às histórias, culturas e intelectualidades indígenas. Se interessa por temas como as relações entre História e Memória, Histórias e Culturas Indígenas e Literatura Indígena Brasileira, tema de sua pesquisa de mestrado pelo Programa de Pós-Graduação em Letras: Estudos da Linguagem da UFOP. É indígena do povo Puri e escritor, sendo autor de livros de contos e poesias (como Alfredo e Xipu), participando de duas coleções literárias do Selo Off Flip, além de possuir publicações em portais acadêmicos e culturais.

Fonte: O fim da Melancolia | HH Magazine
Feed: HH Magazine
Url: hhmagazine.com.br
Back To Top