skip to Main Content

uma história anacrónica e global

Publicado em: uma história anacrónica e global


Moderação: Carlos Fortuna (FEUC/CES) | Comentário: Gonçalo C. Moniz (DARq/CES)

Enquadramento

Pretende refletir sobre a relação entre sketchers de diversos locais do mundo, destacando-se as diferentes escalas dentro do movimento (grupos locais/simpósios internacionais, encontros locais/contatos via internet, especificidades locais/práticas globais). O seminário também reflete sobre as imagens produzidas pelos/as sketchers, pautando-se na antropologia visual, que procura abordar a imagem em todo o processo, não apenas no seu resultado, observando desde o contexto de produção à sua exposição, e que procura também dialogar com perspectivas temporais mais dinâmicas, de forma que se observa a apropriação de práticas do passado, como o desenho/pintura a plein air, a elaboração de cadernos de viagens e as caminhadas exploratórias pela cidade. Essa cidade do/a sketcher é (micro)territorializada de forma afetiva, sensível e/ou crítica: diante do contexto contemporâneo, acelerado, individualista e espetacularizado, o/a urban sketching é visto/a como prática de resistência às brutalidades da vida urbana contemporânea, elaborando formas criativas de lidar com suas dinâmicas e incômodos.

Nota biográfica


Paulo Torres | Doutorando em História na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), linha de pesquisa “História da Historiografia, Arte, Memória e Patrimônio”, orientado por Maria Bernardete Ramos Flores. Possui licenciatura em História (2010) e especialização em História da Arte (2014), ambas pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul). Mestre em Artes Visuais/Teoria e História da Arte pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), orientado porSandra Makowiecky. Leciona História no Instituto Federal Catarinense (IFC), campus Ibirama, desde fevereiro de 2016 e realiza projetos de ensino de História da Arte. Sua pesquisa envolve História da Arte e Cidades em suas múltiplas sensibilidades e temporalidades, com ênfase no movimento contemporâneo Urban Sketchers. Atualmente realiza estágio doutoral na Universidade de Coimbra, no Centro de Estudos Sociais, com supervisão de Carlos Fortuna.

Fonte: uma história anacrónica e global
Feed: Centro de estudos Sociais – Eventos
Url: www.ces.uc.pt
Back To Top