skip to Main Content

Colóquio Nacional Educação antirracista e as práticas curriculares na universidade pública brasileira

Colóquio Nacional Educação Antirracista E As Práticas Curriculares Na Universidade Pública Brasileira

Publicado em: Colóquio Nacional Educação antirracista e as práticas curriculares na universidade pública brasileira

Apresentação


  O objetivo do presente Colóquio é refletir acerca dos desafios e conquistas no ensino superior público brasileiro no âmbito dos avanços (e desafios) da agenda antirracista no campo da educação superior. A inclusão das demandas advindas da agenda antirracista no sistema educacional brasileiro, graças à luta dos movimentos negros e indígenas, ganhou novos contornos a partir dos anos 2000 e nessa perspetiva nos interessa promover um debate crítico sobre as conquistas e os entraves surgidos a partir da implementação das políticas de combate ao racismo e afirmação da diversidade étnico-racial no campo educacional. O Colóquio Educação antirracista e as práticas curriculares na universidade pública brasileira pretende fomentar o debate sobre os processos de produção de conhecimento sobre raça e (anti)racismo em cursos de bacharelados e licenciaturas do ensino superior, com especial atenção às práticas curriculares. Pretende-se gerar um espaço de diálogo e troca de experiências acerca dos impactos das políticas públicas antirracistas como a Lei nº 10.639/2003, Lei nº 11.645/2008, as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais (Brasil, 2003-2004-2008) e seus desdobramentos, principalmente nas estruturas curriculares dos cursos de licenciatura e graduação, com especial atenção aos cursos de História, Pedagogia e Direito.  Pretendemos refletir em que medida o avanço da agenda antirracista possibilitou mudanças políticas, pedagógicas, curriculares e, por quê não, epistemológicas no ensino superior brasileiro.


Eixos so colóquio:


Eixo 1: Políticas de reconhecimento e seus desdobramentos na educação pública: o ensino da História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena


Eixo 2: Formação de professores, projetos pedagógicos e práticas curriculares antirracistas na universidade pública brasileira


Eixo 3: Rumos da expansão do ensino universitário no Brasil nos anos 2000 e educação antirracista


*A aguardar confirmação das pessoas convidadas.

This Post Has 0 Comments

Comentar

Back To Top