skip to Main Content

Desafiando a universalização da ciência e dos seus valores. As Epistemologias do Sul e a intermedicina

Desafiando A Universalização Da Ciência E Dos Seus Valores. As Epistemologias Do Sul E A Intermedicina

Publicado em: Desafiando a universalização da ciência e dos seus valores. As Epistemologias do Sul e a intermedicina

Apresentação


Inserido no Ciclo CES, Saúde e Epistemologias do Sul, este seminário conta com a intervenção de Maria Paula Meneses (CES) e comentário de Susana de Noronha (CES).

 


Notas biográficas


Maria Paula Meneses é investigadora coordenadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, integrando o núcleo de estudos sobre Democracia, Cidadania e Direito (DECIDe). É doutorada em antropologia pela Universidade de Rutgers (EUA) e Mestre em História pela Universidade de S. Petersburgo (Rússia). Em 2019 foi investigadora visitante junto da Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), Paris. Atualmente é vice-presidente do Conselho Científico do CES. De entre os temas de investigação sobre os quais se debruça destacam-se os debates pós-coloniais em contexto africano, o pluralismo jurídico – com especial ênfase para as relações entre o Estado e as ‘autoridades tradicionais’ no contexto africano -, e o papel da história oficial, da(s) memória(s) e de ´outras´ narrativas de pertença nos processos identitários contemporâneos. Tem participado em vários projetos de investigação que resultaram na organização e publicação de vários livros e artigos. Lecciona em vários programas de doutoramento do CES, sendo co-coordenadora do programa de doutoramento em ‘Pós-colonialismos e cidadania global’. Co-coordena com Boaventura de Sousa santos (CES) e Karina Bidaseca (CLACSO) o curso internacional ‘Epistemologias do Sul’ (CLACSO-CES). Anteriormente foi Professora da Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique). Tem o seu trabalho publicado em diversos países, incluindo Moçambique, Espanha, Portugal, Brasil, Senegal, Estados Unidos, Inglaterra, Argentina, Alemanha, Holanda e Colômbia.


Susana de Noronha é Antropóloga (doutorada em sociologia) Investigadora e Co-coordenadora do Núcleo de Investigação sobre Ciência, Economia e Sociedade (NECES) do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, Portugal, sendo também Professora da Rede de Pós-graduações do Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO). Foi distinguida com o “Prémio CES Para Jovens Cientistas Sociais de Língua Portuguesa 2007” e com o “Prémio Bernardino Machado 2003” de Antropologia pela Universidade de Coimbra. É autora dos livros A Tinta, a Mariposa e a Metástase: a arte como experiência, conhecimento e acção sobre o cancro de mama (2009, Afrontamento); Objetos Feitos de Cancro: mulheres, cultura material e doença nas estórias da arte (2015, Almedina); Cancro Sobre Papel: Estórias de oito mulheres Portuguesas entre palavra falada, arte e ciência escrita (2019, Almedina). Enquanto fazedora de textos e ciência, é também letrista publicada e criadora de ilustração científica em fotografia, pintura e desenho etnográfico criativo. 


____________________________

Esta atividade realiza-se através da plataforma Zoom, sem inscrição obrigatória. No entanto, está limitada ao número de vagas disponíveis.
https://us02web.zoom.us/j/88584233706?pwd=OHNqNXp4RmIvQmcxS2lrS2kzQVBqZz09

ID da reunião: 885 8423 3706 | Senha de acesso: 961675 


Agradecemos que todas/os as/os participantes mantenham o microfone silenciado até ao momento do debate. A/O anfitriã/ão da sessão reserva-se o direito de expulsão da/o participante que não respeite as normas da sala.


As atividades abertas dinamizadas em formato digital, como esta, não conferem declaração de participação uma vez que tal documento apenas será facultado em eventos que prevejam registo prévio e acesso controlado.

This Post Has 0 Comments

Comentar

Back To Top