skip to Main Content

Filosofias da História no Brasil: Lorena Lopes da Costa – A Filosofia da História de Sônia Viegas

Publicado em: Filosofias da História no Brasil: Lorena Lopes da Costa – A Filosofia da História de Sônia Viegas

A série Filosofias da História no Brasil objetiva apresentar as ideias de brasileiros e brasileiras ainda pouco conhecidos do público acadêmico, os quais, no limiar entre a História e a Filosofia, elaboraram teorias sobre o caráter histórico da realidade no Brasil — não do Brasil ou sobre o Brasil, mas no Brasil.

A cada episódio, então, serão expostas as principais teses filosóficas acerca da historicidade da existência dos pensadores e das pensadoras em foco, desviando provisoriamente o nosso olhar das abordagens canônicas sobre o chamado ‘pensamento social brasileiro’.

Neste episódio, Lorena Lopes da Costa fala sobre a filosofia da história de Sônia Viegas.

 

Realização:

FORUM História & Filosofia

(Facebook)

 

Núcleo Interdisciplinar de Estudos Teóricos

(Site, Facebook e YouTube)

 

Laboratório de Estudos em Teoria e História da Historiografia

(Site, Facebook, YouTube e Instagram )

 

Apoio:

HH Magazine

(Facebook, YouTube e Instagram)

 

História da Historiografia

(Site e Facebook)

 

Revista de Teoria da História

(Site e Facebook)

 

Sociedade Brasileira de Teoria e História da Historiografia

(Site, Facebook e Instagram)

 

Núcleo de Estudos em História da Historiografia e Modernidade

(Facebook e Instagram)

 

 

 

SOBRE A AUTORA

Lorena Lopes da Costa

Professora Adjunta de Teoria da História, com atuação em História Antiga e em Teoria da História, na Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA). Doutora (2016), mestre (2012) e licenciada (2009) em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Realizou o doutorado sob orientação do Prof. José Antonio Dabdab Trabulsi, com período de doutorado-sanduíche de um ano (2015) sob a orientação do Prof. François Hartog, na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS – Paris), bem como um ano (2013-2014) de estágio doutoral sob a orientação do Prof. Pierre Ellinger, na Université Paris VII – Denis Diderot. No doutorado, pensou o herói grego e sua recepção, em contextos de guerra, examinando os usos do passado na tragédia grega e no romance francês. No mestrado, sob orientação da Profa. Heloísa Starling, investigou as relações entre história e literatura a partir do Grande Sertão: Veredas. Atualmente, dá continuidade à pesquisa sobre sobre o herói grego e os procedimentos de recepção e resposta à tradição heroica grega na literatura de João Guimarães Rosa. Atua na área de História Antiga; Teoria da História; História da Historiografia; Estudos de recepção; Historiografia Antiga; Virada Linguística. Interessa-se pelas relações entre História e Ficção; Historiografia Antiga; Literatura e língua grega; Literatura Brasileira. Participa de: Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos (SBEC); Antiguidade e Modernidade: História Antiga e Usos do Passado (UFPR/ UNIFESP); International Network for Theory of History (INTH); Sociedade Brasileira de Teoria e História da Historiografia (SBTHH); Núcleo Interdisciplinar de Estudos Teóricos (NIET).

This Post Has 0 Comments

Comentar

Back To Top