skip to Main Content

História da Historiografia #EP 41: Travessias historiográficas nos estudos do Uruguai oitocentista

Publicado em: História da Historiografia #EP 41: Travessias historiográficas nos estudos do Uruguai oitocentista

Neste episódio o historiador Elvis de Almeida Diana (UFMG) analisa as mudanças epistemológicas pelas quais tem passado a historiografia uruguaia nas últimas duas décadas, mais especificamente as que dizem respeito ao estudo dos processos político-intelectuais e conceituais do Uruguai oitocentista. Ao debruçar-se sobre as contribuições da História da Ideias, da História Intelectual e da História Conceitual, o autor procura, assim, proporcionar novos olhares, hipóteses e debates sobre o período em questão.

 

 

Acesse o episódio também pelas plataformas Deezer e o Google Podcast.

 

Conheça o artigo “Travessias historiográficas: da História das Ideias às contribuições da História Intelectual e da História Conceitual para o estudo dos processos políticos uruguaios oitocentistas” publicado no v. 15 n. 38 (2022) da revista História da Historiografia. DOI: https://doi.org/10.15848/hh.v15i38.1809

 

 

 


Créditos: Locução de Ilda Andreata Sesquim (UFOP), Coordenação de João Ohara (UFRJ) e colaboração de Helena Paulo de Almeida (UFOP)

Créditos na imagem: Montevidéu, capital do Uruguai, em 1865.

 

 

 

SOBRE O AUTOR

Elvis de Almeida Diana

Possui graduação em História (2013) e mestrado em História (2016) (Bolsista FAPESP) pela Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” (UNESP), campus de Franca. Tem experiência na área de História das Américas, atuando principalmente nos seguintes temas: História Política, História Intelectual, História dos Intelectuais, História do Uruguai. Foi membro do Grupo de Pesquisa “Intelectuais e Politica nas Américas) (IPA/UNESP-Franca). Atualmente, é doutorando na linha de pesquisa História e Culturas Políticas, do Programa de pós-graduação em História da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) (bolsista CAPES), membro do Núcleo de Pesquisa em História das Américas (NUPHA-UFMG) e membro pesquisador do Grupo de Pesquisa História Intelectual: narrativas, práticas e circulação de ideias (UFMG/CNPq).

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back To Top