skip to Main Content

História dos mutilados de guerra portugueses em arquivo digital

Publicado em: História dos mutilados de guerra portugueses em arquivo digital

Foi lançado, esta semana, o arquivo digital “Os Mutilados da Guerra (1914-1918): reavivar uma memória“, que se propõe “funcionar como ponto de partida para o estudo e divulgação da história dos mutilados portugueses da Primeira Guerra Mundial”. Além de analisar os tipos de mutilações que infligiram o corpo do combatente ao longo do conflicto, permite ainda “compreender como ocorreu o processo de reabilitação, reeducação profissional e reintegração social dos mutilados portugueses no pós-guerra”.

O portal foi realizado por Filipa Caetano, aluna do 3.º Ano da Licenciatura em História na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa, no âmbito do estágio curricular “Construir arquivos digitais para divulgação de fontes históricas“, promovido pelo Laboratório de Humanidades Digitais do IHC, sob orientação dos investigadores Daniel Alves e Joana Vieira Paulino.

 

Imagem: Um mutilado observa a placa de gesso do seu próprio rosto, a partir do qual será criada uma prótese facial para encobrir a zona do olho perdido, no The Tin Noses Shops, sob o cuidado do artista inglês Francis Derwent Wood (1871-1926), instalado no 3rd London General Hospital. Autor: Horace Nicholls (s.d.). Fonte: Imperial War Museum. © IWM (Q 30455)

 

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back To Top