skip to Main Content

Proclamação unilateral da independência de Timor-Leste pela FRETILIN

Publicado em: Proclamação unilateral da independência de Timor-Leste pela FRETILIN

Apresentação


Este seminário insere-se no ciclo As Tramas da Memória: datas para contar organizado pela coordenação da linha de investigação Europa e o Sul Global: heranças e diálogos. O ciclo visa assinalar e refletir sobre datas menos sonoras, mas igualmente determinantes para a construção do 25 de Abril de 1974 e das independências dos países africanos de língua oficial portuguesa e de Timor-Leste. Os seminários decorrem on-line, sempre que possível na data a assinalar, todos os meses, pelas 16 horas, ao longo de 2023


Que ideais e expectativas se construíram em torno do 25 de abril e do processo de descolonização de Timor-Leste em 1974-1975? O seminário apresenta as vivências timorenses desse período, o conflito interno e o abandono de Portugal do território, que culminaram na proclamação unilateral da independência de Timor-Leste pela FRETILIN, a 28 de Novembro de 1975, antecipando a invasão iminente pela Indonésia.

Luís Cardoso (escritor e antigo representante da resistência Timorense em Portugal) e Adelino Gomes (repórter que fez a cobertura dos eventos em 1975) são convidados a dar o seu testemunho sobre estes eventos, com moderação de Marisa Ramos Gonçalves (CES).



Notas biográfica

Marisa Ramos Gonçalves é investigadora e professora no doutoramento “Pós-colonialismos e Cidadania global”, no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Integra a linha de investigação “Europa e o Sul global: patrimónios e diálogos”.Atualmente tem em curso o projeto de investigação “Histórias transnacionais de solidariedades no Sul – ‘outros’ conhecimentos e lutas por direitos no espaço do Oceano Índico”, com particular enfoque em Timor-Leste e Moçambique, no âmbito do Programa de Estímulo ao Emprego Científico (CEEC-IND) da FCT.

É membro do Conselho Consultivo Internacional do Centro Nacional Chega!, instituto de memória de Timor-Leste. Doutorada pela Wollongong University, Austrália, na área de história e direitos humanos, foi professora na Universidade Nacional Timor Lorosa’e e na Australian Catholic University.

A sua investigação centra-se nos temas da história e memória, direitos humanos e reconciliação, sistemas de conhecimento locais e os movimentos de justiça social no Sul Global, em particular em Timor-Leste e na região da Ásia-Pacífico.


_____________


Esta atividade realiza-se através da plataforma Zoom, sem inscrição obrigatória. No entanto, está limitada ao número de vagas disponíveis > https://zoom.us/j/84587553732  | ID: 845 8755 3732 | Senha: 188302

Agradecemos que todas/os as/os participantes mantenham o microfone silenciado até ao momento do debate. A/O anfitriã/ão da sessão reserva-se o direito de expulsão da/o participante que não respeite as normas da sala.


As atividades abertas dinamizadas em formato digital, como esta, não conferem declaração de participação uma vez que tal documento apenas será facultado em eventos que prevejam registo prévio e acesso controlado.

 

Fonte: Proclamação unilateral da independência de Timor-Leste pela FRETILIN
Feed: Centro de estudos Sociais – Eventos
Url: www.ces.uc.pt

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back To Top