skip to Main Content

Projeto Presença em Mega Índices propõe criar maior visibilidade para os periódicos da Coleção SciELO Brasil

Publicado em: Projeto Presença em Mega Índices propõe criar maior visibilidade para os periódicos da Coleção SciELO Brasil

Por Barbara Barretta, estagiária da unidade de Mídias Socais, SciELO Brasil, São Paulo, SP, Brasil

Imagem: Scopus.

O projeto intitulado Presença em Mega Índices, que tem apoio de representantes do índice Scopus no Brasil, tem como objetivo ampliar a presença internacional, além de dar visibilidade e credibilidade dos periódicos SciELO e assim facilitar o acesso à informação e geração de indicadores de qualidade. O projeto conta com o apoio de bases de dados internacionais.

O Scopus é uma base de dados bibliométrica de resumos e citações de artigos para periódicos acadêmicos. É de propriedade da Elsevier. Atualmente, já são mais de 22 mil periódicos ativos e mais de cinco mil editoras das áreas de ciência, tecnologia, medicina, ciências sociais, artes e humanidades. Aproximadamente 22% dos periódicos presentes no Scopus são publicados em outros idiomas que não o inglês e, além de documentos provenientes da América Latina, a base de dados também indexa conteúdo de diversas áreas do globo, como as Europas Ocidental e Oriental, América do Norte, Ásia Pacífico, Oriente Médio e África, Austrália/Nova Zelândia. Na América Latina são cerca de 790 títulos ativos. Ao todo, são mais de 1,7 bilhões de citações referenciadas. Isso faz com que cada artigo tenha, em média, entre 10-15% mais citações.

De acordo com Denise Peres Sales, bibliotecária e Coordenadora da Unidade de Indexação da Coleção SciELO Brasil, o início desse processo foi motivado justamente pela necessidade de dar um canal a mais de exposição para os periódicos operados pelo SciELO que ainda não estão indexados no Scopus. A indexação também aumenta as condições de sustentabilidade operacional e financeira dos periódicos.

Cerca de 75 periódicos da Coleção SciELO não estão indexados no Scopus sendo que os critérios SciELO Brasil são equivalentes ou mais exigentes que os da maioria dos índices internacionais. A partir disso, a equipe de Indexação do SciELO entrou em contato com os editores dos periódicos para avaliar previamente se estavam atendendo 100% dos critérios iniciais requeridos pelo Scopus. Para isso, foi preenchido um formulário de pré-análise presente no site do Scopus. Alguns dos critérios de seleção incluem: ter ao menos dois anos de existência, possuir um site em inglês, publicar aspectos sobre negligência e ética entre outros, alguns dos quais se sobrepõem aos critérios de indexação SciELO Brasil.1 A lista completa pode ser acessada no site do Scopus.2

Além da pré-análise, a justificativa a favor da indexação reúne indicadores de citação e impacto dos periódicos SciELO, total de artigos publicados e índice h5 do Google. Também foi feito um webinário para editores da coleção SciELO e a atualização das páginas informativas dos periódicos no site SciELO com os dados exigidos pelos critérios do Scopus.

O mesmo processo será realizado para submissão ao índice bibliométrico Web of Science (WoS) de propriedade da Clarivate Analytics com o objetivo de que maximizar a indexação dos periódicos SciELO na Core Collection do WoS.

“O caminhar com a ciência aberta possibilita que os periódicos de qualidade do Brasil se nivelem com os melhores periódicos internacionais e aumentem o valor da pesquisa que comunicam”, finalizou Denise.

Notas

1. Critérios SciELO Brasil: https://www.scielo.br/about/criterios-scielo-brasil

2. Aplicação de pré-avaliação da base Scopus: https://www.readyforscopus.com/pt

Links externos

Aplicação de pré-avaliação da base Scopus: https://www.readyforscopus.com/pt

Critérios SciELO Brasil: https://www.scielo.br/about/criterios-scielo-brasil

BARRETTA, B. Projeto Presença em Mega Índices propõe criar maior visibilidade para os periódicos da Coleção SciELO Brasil [online]. SciELO em Perspectiva, 2021 [viewed ]. Available from: https://blog.scielo.org/blog/2021/10/07/projeto-presenca-em-mega-indices/

This Post Has 0 Comments

Comentar

Back To Top