Skip to content

Tubos de Ensaio: História em Laboratório 2024 #5 Conferência: «Desafio ao poder…

Publicado em: Tubos de Ensaio: História em Laboratório 2024 #5

Conferência: «Desafio ao poder…

Tubos de Ensaio: História em Laboratório 2024 #5

Conferência: «Desafio ao poder de Marraquexe. Marcas da doutrina khārijī no discurso almóada contra os emires almorávidas?»
👤 Inês Lourinho

📍 @letras_ulisboa (B112.C & Online)
📅 3 de Abril de 2024
⏰ 18:00-20:00
Link Zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/93776286681

***

Em 1928, Lévi-Provençal publicou alguns fragmentos que designou como “cartas” de Ibn Tūmart, fundador do movimento almóada nos anos de 1120, e de ‘Abd al-Mu’min, seu primeiro califa, dirigidas aos seguidores, mas também aos almorávidas, cujo poder pretendiam derrubar. Cópias com data de 1314, os manuscritos contêm os fundamentos da doutrina almóada e as justificações na base das suas pretensões.

Aqui, fica implícita a declaração do takfīr (excomunhão) contra o poder de Marraquexe, um instrumento que os khawārij (sing. khārijī), ramo que se rebelou contra os califas do Oriente no século VII, começaram por usar, mas que se tornou comum no mundo islâmico para desqualificar adversários políticos. Pelo potencial de rebelião, a doutrina khārijī veio a conhecer grande influência no Norte de África.

Nas “cartas”, encontramos ainda uma plêiade de marcas que lembram o pensamento khārijī. Serão a prova de que os almóadas professavam a doutrina ou sobretudo formulações destinadas a ressoar junto de uma população que a tinha assimilado?

***

+Info https://chul.letras.ulisboa.pt/

Back To Top