skip to Main Content

A Genial Estupidez das Máquinas

A Genial Estupidez Das Máquinas

Publicado em: A Genial Estupidez das Máquinas


© Cartaz de Patrícia Reina.

Segunda videoconferência (via Zoom) do ciclo “Conferências MATLIT 2021”, 9 de junho de 2021, 18h00 (hora de Lisboa, GMT+1): Bruno MinistroA Genial Estupidez das MáquinasConferências MATLIT 2021 (Programa Completo). Organização: MATLIT LAB – Laboratório de Humanidades, Doutoramento em Materialidades da Literatura e Centro de Literatura Portuguesa.

Sinopse

Embora com maior ou menor intensidade ao longo dos tempos, em nenhum momento da modernidade se deixou de pensar sobre o conceito de original. Com o advento e massificação da computação digital, aquele conceito tem sido revisitado de forma frequente, assim como o têm sido noções da sua “família largada” — o genuíno, único, singular, autêntico, genial, entre outras. Esta apresentação pretende refletir sobre o modo como a noção de originalidade se interliga com as próprias tecnologias de inscrição, nomeadamente quando as máquinas de reprodução revelam a sua natureza produtiva. Fazem-no porque são geniais? Ou porque são estúpidas? Com parca originalidade, o paradoxo do título foi copiado de Vilém Flusser, que, por seu turno, o copiara de Abraham Moles. Pretende-se que esse mesmo paradoxo sobre genialidade e estupidez entre, nesta apresentação, numa nova oposição paradoxal. Mais do que resolvê-la, interessa pensá-la e repensá-la.

Nota biográfica

Bruno Ministro é doutorado em Materialidades da Literatura (U. Coimbra) com a tese Todas as Cópias são Originais: eletrografia e copy art em Portugal. É investigador do Instituto de Literatura Comparada (U. Porto), coeditor do Arquivo Digital da PO.EX (U. Fernando Pessoa) e tem colaborado com projetos nas áreas da literatura e cultura (U. Algarve, U. Bergen, U. Vigo). A sua investigação tem sido dedicada sobretudo aos estudos da intermedialidade, testando teorias e metodologias de intersecção entre os estudos literários, a teoria dos meios e os estudos culturais. [hackingthetext.net]


Fonte: A Genial Estupidez das Máquinas
Feed: Materialidades da Literatura
Url: matlit.wordpress.com
This Post Has 0 Comments

Comentar

Back To Top