skip to Main Content

Irene Pimentel premiada pela Academia Portuguesa da História

Publicado em: Irene Pimentel premiada pela Academia Portuguesa da História

A Academia Portuguesa da História voltou a premiar uma investigadora do IHC com o Prémio História da Europa — Fundação Calouste Gulbenkian: a Irene Flunser Pimentel, pelo seu livro Holocausto, publicado pela Temas e Debates em 2020.

Nesta obra, a historiadora do IHC propôs-se a “desfazer confusões, contribuindo para um conhecimento maior da Shoá, e também do papel de Portugal face a esse terrível acontecimento, com base na minha própria investigação, mas também na profusa bibliografia existente sobre o tema, em geral, e relativamente a Portugal, em particular”.

Já nas edições de 2020 e em 2019, este prémio havia sido atribuído a investigadores do IHC — Isabel Baltazar e Fernando Rosas, respectivamente. Os Prémios de História Calouste Gulbenkian contemplam um valor pecuniário de 2000 euros e têm como objectivo galardoar obras de reconhecido mérito no âmbito da “História Moderna e Contemporânea de Portugal”, “História da Presença de Portugal no Mundo” e “História da Europa”.

Os vários prémios da Academia Portuguesa da História serão entregues a 8 de Dezembro de 2021, nas instalações da Academia, em Lisboa.

 

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back To Top